Especial De página Virada: Joyce Braga

segunda-feira, 30 de setembro de 2013
Feliz que minha amigas blogueiras e as leitoras estão curtindo o Especial *-* Se você ainda não assistiu o vídeo, clica aqui.
A querida Joyce Braga (pessoa que estou vendo toda semana, conversando diariamente e adorando muito!) respondeu o especial e compartilhou sua história de superação e perdão. Amei demais ler cada parágrafo, me emocionei. Achei super corajoso da parte dela expor algo tão pessoal. Com certeza irá ajudar muitas meninas!
"Com um título sugestivo como este fica fácil falar das coisas que vem ao nosso coração.
Existem muitas coisas das quais passei e virei a página. Mas virei a página de coração limpo. Porque uma coisa é você virar a página. Outra coisa é rasgá-la. Certo?
Neste especial, falarei da coisa mais importante, mais forte e que mais me trouxe aprendizado até hoje: Que é sobre como ter superado e entendido a "rejeição" do meu pai. Esse é o tipo de assunto que a gente prefere sempre manter trancado a sete chaves Por muitos anos, foi uma parte da minha vida que eu não costumava abrir para ninguém, justamente por doer muito. Nunca pensei que um dia eu conseguiria falar dele abertamente, principalmente aqui no blog. Mas vamos lá! 
Quando eu tinha 1 ano e 4 meses meus pais decidiram se separar. Meu pai constituiu outra família e acabou se afastando de nós. Eu cresci tendo como pai, o meu querido avô materno. Eu não tive contato com a minha família por parte de pai também. Sempre fui eu, minha mãe, meus avós. Eles eram a minha família. A referência de pai para mim sempre foi meu avô e minha mãe. Esse é o tipo da coisa que só quem cresce sem uma figura paterna, entende o quanto é difícil e doloroso. Principalmente para uma criança..."
Para continuar lendo é só clicar aqui e ir direto pro blog da Joyce, você amar meninas!

Queria da muito obrigada pela sua participação 

Esse especial é aberto e todas podem participar, mesmo quem não tem blog ou canal. Pode me mandar um email para: contato@blojustfun.com.br Não se esqueçam de me avisar se posso publicar ou não, ok ;D

0 Comentários:

Postar um comentário

Gostou do post? Deixe sua sugestão, experiência...